Pages

29 de março de 2010

Donnie Darko (2001)

Um filme de Richard Kelly com Jake Gyllenhaal, Drew Barrymore e Patrick Swayze.

Acho que quem está lendo esse, deve ter lido os outros. Como vocês devem ter lido, em A Caixa e em O Efeito da Fúria, eu critiquei os dois por tentaram ser inteligentes numa grande tentativa falha. Se foi assim, Donnie Darko é exatamente o que eles não foram. Um filme brilhante, com uma temática brilhante, atuação brilhante, diálogos brilhantes, roteiro brilhante. Donnie Darko tem sua própria trama e uma inteligência surpreendente no filme, que não falha no meio.
Donnie Darko (Jake Gyllenhaal) é um garoto que está vivendo no ápice da loucura, tendo de tomar pílulas para se manter são. Até que no dia 2 de Outubro, enquanto ele dormia, uma voz o acorda e o chama para um campo de golfe. A voz misteriosa o salva de uma turbina de avião que cai em cima de sua cama minutos após ele despertar. Quando ele chega ao campo, ele descobre que a voz é Frank, um coelho gigantesco. Frank diz para ele que faltam 28 dias, 6 horas, 42 minutos e 12 segundos para o mundo acabar. Desde então, Donnie começa a conversar com Frank todas as vezes que toma suas pílulas e acaba por descobrir desde seus poderes gerados pelas alucinações até teorias remotas da física.
O roteiro é, como eu venho insistindo desde o início, inteligentíssimo. Toda a história está ligada e tudo começa a fazer sentido no fim. Com o que eu comecei a perceber dá para se ver que há muitas interpretações sobre esse filme, digitando Donnie Darko no google, você acha umas 4 teorias diferentes na primeira página. Ele faz coisas que prendem sua atenção do começo ao fim do filme, e um piscar de olhos pode comprometer a compreensão total, tive que voltar umas partes só para entender a seguinte. Além disso, tudo que eles usaram na base da física faz o filme parecer até possível.
A atuação é perfeita, principalmente com um trio desses. Drew Barrymore não decepciona durante os poucos momentos que ela aparece. Patrick Swayze também, fez uma bela atuação. A parte durante a palestra foi ótima. Agora Jake Gyllenhaal merece todo o crédito pelo sucesso que eu atribuo a esse filme. A atuação dele já vale pelo filme inteiro. E acredito que o trabalho que ele fez em Donnie Darko foi bem superior a O Segredo De Brokeback Mountain ou Entre Irmãos. Toda a sua atuação representando o adolescente louco me convenceu mesmo. Até me fez crer em hipnose. Os diálogos do filme são perfeitos. Incrível, os filmes que eu estou vendo atualmente tem um diálogo muito bom mesmo. Pra mim, frases como "Todo ser vivo morre sozinho" ou "Porque está usando essa roupa idiota de homem?" ficaram gravadas, vou até tatuar se continuar essa idolatração. Os figurinos ficaram bem bons, assim como a fotografia e a maquiagem, porém nada mais do que isso.
Donnie Darko é um filme que tem algo pra passar de um modo difícil. Ou seja, tem que pensar para entender. E me fez ficar pensando durante um bom tempo, tal bom tempo que dura até agora.
NOTA: 10

2 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com sua visão do filme!

Donnie daRko é uma Obra de Arte,
particulamente,O Melhor que ja vi.

[ZMTV] Gustavo Padilha disse...

Síntese e análise da física do tempo utilizada no filme: http://lounge.obviousmag.org/fabulas_do_mundo_esquecido/2014/06/a-fisica-e-os-misterios-por-tras-de-donnie-darko-uma-sintese-das-transmissoes-do-cinema.html