Pages

10 de novembro de 2010

Noivas Em Guerra (2009)

Um filme de Gary Winick com Kate Hudson e Anne Hathaway.

Divertidinho, dá para rir um pouco, um programa bem família, filme típico para se passar na sessão da tarde, até a transição combina. Meus comentários estão acabando para as comédias, ainda mais porque eu não tenho visto nada de novo até agora, só os velhos risos que estão esquecidos com o tempo. Eu normalmente rio em filmes, mas raramente lembro do que eu ri. Noivas Em Guerra não foge a isso, bem, não me lembro de comédias que fugiram a isso. O objetivo do filme é trazer um riso momentâneo, assim como em quaisquer outros besteirois e comédias trazidas pela fantástica indústria Hollywoodiana, que consegue ainda transformar dramas fracos em comédias. Bem, o filme atingiu o objetivo.
Emma (Anne Hathaway) e Liv (Kate Hudson) são amigas desde pequenas. No dia em que se conheceram, as duas estavam no Plaza, tendo um lanche, quando uma noiva passa e deixa cair um broche de seu cabelo, chamando a atenção das duas meninas. Logo, elas fazem uma promessa: as duas vão se casar no mês de Junho no Plaza. Alguns anos depois, as duas ficam noivas ao mesmo tempo e, com um problema na festa, elas descobrem que tem de dividir o mesmo dia de casamento. Uma tenta convencer a outra de desistir do casamento para os planos darem certo e, com isso, tanto o relacionamento amoroso quanto a amizade ficam abaladas.
Anne Hathaway consegue levar o filme tranquilamente. A atuação dela não chega a ser estupenda como em outros trabalhos, mas condiz com sua personagem perfeccionista. Kate Hudson me convenceu, embora forçadamente, de que ela era uma advogada rica durante todo o filme. Uma boa trilha sonora com canções cativantes e chicletes é o que todo filme de comédia deve ter, esse não escapa dos padrões. O roteiro é algo extremamente previsível. No filme há aquela dúvida de quem vai desistir do casamento, embora esta seja sanada em poucos minutos após o conflito principal, mas o clichê é dominante. Enquanto uma manda chocolates para a amiga engordar, a outra bronzeia a amiga de laranja. Consigo contar os risos falsos que eu dei no filme na minha mão direita e os verdadeiros ficam em apenas um dedo.
Se quer um filme que entretenha seu fim de semana com as amigas, está aí Noivas Em Guerra. Uma história que poderia dar certo se fosse feita de maneira correta, mas que se tornou extremamente enfadonha após algumas cenas maçantes. Não gera polêmica, não gera discussão, gera apenas mais uma lição de amizade que é bombardeada em vários filmes atuais. Se você quer ver uma boa atuação de Anne Hathaway, pegue O Casamento de Rachel, se quer ver uma história interessante com Kate Hudson, pegue A Chave Mestra. Agora se seu objetivo é ver duas amigas brigadas que pintam o cabelo de azul e até rir um pouco, esta aí o filme.
NOTA: 4

2 comentários:

alan raspante. disse...

Então, eu já vi e lembro muito bem que achei uma grande merda. é.

Rafaela disse...

AAAAAA ESSE FILME É PERFEITOO!! LINDO LINDO LINDO NÃO CANSO DE VER! *-*
E NÃO É FILME DE SESSÃO DA TARDE GABRIEL TIRA SEU CAVALINHO DA CHUVA , PODE MUDAR ACRITICA E A NOTA BABY ,QUE QUATRO NADA É 10 ¬¬''