Pages

19 de janeiro de 2011

Enrolados (2010)

Um filme de Byron Howard e Nathan Greno.

Agora é isso que eu chamo de inovação, o que realmente não aconteceu em As Viagens de Gulliver. Ao pegar uma história clássica e infantil dos Irmãos Grimm e modificaram algumas coisas para a boba e infantil princesa ficar mais atual nos olhos do público. Rapunzel agora tem uma história independente da que a sustenta, cria uma ligação com o espectador ao usar uma linguagem muito menos rebuscada que a versão original e agora tudo tem um motivo para ter acontecido e para ainda acontecer. Junte isso com músicas cantadas a cada 5 minutos por personagens que, embora tenham sofrido alteração com a atualização, continuam com a mesma carapaça de sempre e pronto, temos um conto de fadas moderno. Músicas com a carga sentimental de uma princesa complexada e a comédia, que surge inevitavelmente pelas situações propostas, ao mesmo tempo.
Uma flor nasce num vale pacífico e calmo, flor essa que tem o poder da cura para quem a canta uma certa canção. A velha Madame Gothel acha a flor e, egoísta como é, não divide o poder de cura com ninguém. Com o passar dos anos, um reino é construído na vila. A rainha, grávida, fica seriamente doente, o que faz os súditos procurarem a flor. Ao achá-la, a rainha toma a flor e melhora. Como efeitos da flor, nasce uma menina de cabelos loiros, que possuem os mesmos poderes da flor. Madame Gothel, querendo ser jovem e saudável para sempre, rouba a menina e a tranca numa torre. 18 anos depois, Rapunzel, esta mesma menina dos cabelos loiros, sonha em sair de sua torre para conhecer o mundo de fora. Mal ela sabe que isso logo se tornará possível com a ajuda do ladrão Flynn Rider.
É uma renovação dos sonhos clássicos. A boba e passiva Rapunzel, que vivia em sua pose de princesa condescendente, vira uma menina jovem com sonhos e motivações para suas ações, cujos sentimentos são explicados facilmente pela história que se vê nas telas. O príncipe encantado, em sua pose galante e com seu belo cavalo branco, se transforma num ladrão vil e atrapalhado, que não liga para mais ninguém senão ele mesmo. E o cavalo branco, que trabalha para a polícia mas não recebe a atenção que deseja, é desconfiado e competente. Ainda há a malvada bruxa, que se torna um pouco mais humana que na versão original e tem sua personalidade mais bem explorada na trama. Fora isso, tudo que acontece no filme é o que acontecia nos contos de fadas com requintes aqui e acolá. Os vilões se transformam em mímicos e colecionadores de unicórnio. O cabelo de Rapunzel tem uma razão para ter 21 metros - e em nenhum momento do filme esses metros de cabelo são deixados de lado ou fora de cena. O romance ainda acontece em meio a músicas que ficam na cabeça sobre sonhos e um instinto materno traiçoeiro cheio de segundas intenções. O 3D vira uma alternativa mais interessante, mas não tanto a ponto de pagar o preço estipulado. E, a dublagem permanece horrível. O ladrão, que já possui o estereotipo de atrapalhado, ganha a voz de Luciano Hulk nas telas brasileiras, e devo dizer que não é a melhor das experiências.
Com musiquinhas irritantes que permanecem gritando na mente por horas à fio, com cenas românticas em barcos a luzes de lanternas voadoras, com um final feliz e intocado, como na versão original, mas com um drama a mais para manter os olhos atentos na tela, Enrolados é uma boa sugestão para uma diversão a mais. Com personagens bem trabalhados que parecem ter saído do mundo atual, feitos para as crianças se identificarem, e mantendo o bom-humor na sessão inteira, vale a pena conferir o que a Disney fez dessa vez.
NOTA: 7

Um comentário:

Luiz Santiago disse...

Maravilhosas observações. Olhar arguto, o seu, sobre essa renovação da animação. Lindo, lindo, o texto. Parabéns, brotherzinho!

Você comentou sobre a série Decálogo: velho, é mesmo ruim de achar. Em locadoras grandes, é possível. Ou se for comprar, na Livraria Cultura ou na 2001Video. Ou Fnac! hehehee

Mas um aviso: FUJA DA VERSÃO PODRE da SilverScreen!!! Porque é PODRE MESMO. O formato é 16:9 e o filme foi captado em lente 4:3 (pasme!!!). Além disso, essa versão LIXO tem legendas FIXAS em inglês, com uma tradução de Ensino Fundamental postas em amarelo em cima da legenda original. Ou seja PODRE!!! Um verdadeiro CRIME!!!

Procure a versão da Versátil. Essa fim é no formato certo e tudo o mais.

Qualquer coisa, me dê um toque.

Abração